Datacom
16/12/2021
Transporte de serviços IPv6 sobre infraestrutura MPLS IPv4 utilizando 6VPE

Por Guilherme PfeiffEngenheiro de Aplicações de redes e Guilherme Salvadori – Engenheiro de Vendas

O protocolo MPLS tem sido cada vez mais utilizado nos backbones das operadoras e ISPs (veja o artigo 5 motivos para usar MPLS no seu provedor), porém, nem sempre esta infraestrutura foi planejada para ser dual stack (IPv4 / IPv6).

Em outros casos, os equipamentos já presentes na rede podem não ser compatíveis com IPv6 o que dificulta a necessidade de transportar tráfego de clientes em IPv6 sobre o backbone MPLS IPv4 já existente, sendo que o custo de alterar todos os equipamentos para permitir o dual stack pode até inviabilizar o negócio.

Uma das técnicas que pode ser utilizada para solucionar esta aplicação é a funcionalidade 6VPE, que é normatizada pela RFC4659 (BGP-MPLS IP Virtual Private Network (VPN) Extension for IPv6 VPN), que permite anunciar prefixos IPv6 em VPNs sobre um core MPLS IPv4, usando  LSPs (Label Switch Paths).

Exemplo de Aplicação

Neste artigo, trazemos um cenário prático que envolve o transporte de dados de 3 sites em IPv6 através de um core MPLS em IPv4. Neste exemplo estamos utilizando os equipamentos da Datacom DM4770, DM4170, DM4270 e DM4370, porém é possível interoperar com equipamentos de outros fabricantes que suportem as mesmas funcionalidades.

Segue abaixo a topologia do cenário prático:

 

 

Infraestrutura OSPFv2

Nesta seção vamos configurar o OSPFv2, que é o IGP utilizado na infraestrutura interna para rotear os endereços. (Para rotear os endereços dos clientes a L3VPN utiliza o bgp). Abaixo segue a configuração do OSPFv2:

 

Infraestrutura MPLS LDP

A L3VPN requer as configurações do LDP para troca de labels. Se faz necessário tanto a link session, que é a configuração na interface L3 com os vizinhos diretos do equipamento, como a targeted session, que é com os equipamentos com os quais de fato vai ter uma L3VPN. Aqui no exemplo foram inseridos todos os IPs de loopback dos equipamentos no cenário, mas se apenas fosse ter troca de dados entre os pontos A, B e C poderia ser configurado a targeted session somente entre os equipamentos nestes 3 pontos.

Infraestrutura BGP

O protocolo BGP é utilizado para fazer o roteamento das redes dos clientes. Todos os equipamentos que fazem parte dessa infraestrutura fecham sessão apenas com o equipamento ou os equipamentos definidos como Router Reflector da Rede, estes ficam responsáveis por divulgarem essas rotas entres todos os neighbors. Com o uso das VRFs é possível atender diversos clientes utilizando essa mesma infraestrutura BGP sem que as redes deles se misturem e inclusive podem ter sobreposição de rede, visto que as tabelas ficam separadas.

Lembrando que essa infraestrutura interna para fazer o roteamento das redes dos clientes utiliza iBGP, no link ponto a ponto com o cliente pode ser utilizado rota estática, OSPF ou o eBGP pois aí será uma sessão entre 2 “AS” distintos, o do cliente que será atendido e o do provedor ou operadora que está fornecendo este serviço.

Nas configurações do RR (Router Reflector) devemos fechar a sessão BGP com todos, e nos clients apenas com o RR, habilitar a address-family vpnv4 e vpnv6 para o 6VPE e divulgar as VRFs desejadas.

O 6VPE é habilitado através do comando “address-family vpnv6 unicast”. Segue abaixo as configurações do BGP:

 

VRF

A VRF será responsável pelo isolamento das redes, desta forma a rede do cliente e a rede de infraestrutura utilizada para prover os serviços ao cliente não se misturam.

Não é necessário configurar VRF no switch DM4770 32CX que está como Router Reflector da rede, visto que esse equipamento não possui nenhum acesso de cliente conectado diretamente a ele.

O software DmOS está sempre em constante evolução, esta funcionalidade 6VPE está disponível a partir da versão 7.0. Esta feature está em todos os switches MPLS que utilizam o DmOS: DM4360, DM4370, DM4170, DM4380, DM4270 e DM4770.

Além dos produtos mencionados neste artigo, a Datacom possui uma extensa linha de equipamentos que conta com Switches, Roteadores, GPON, Wi-Fi, Sistema de Gerência e Servidores.

Caso tenha dúvidas sobre aplicações, não hesite em contatar a nossa equipe suporte.prevendas@datacom.com.br. Estamos à disposição para lhe auxiliar na escolha do produto mais adequado à sua necessidade.

Acompanhe o nosso blog, sempre trazemos novidades de produtos e conteúdos técnicos de relevância para o seu negócio.

Com objetivo de atender seus clientes e capacitar os profissionais que atuam na operação de redes, a Datacom também possui uma plataforma de treinamentos online com acesso gratuito! O endereço da plataforma é ead.datacom.com.br.

Inscreva-se no nosso canal do Youtube, marque o recebimento de notificações e também compartilhe o link nas suas redes sociais.

Para dúvidas e solicitação de proposta, não hesite em contatar a equipe comercial da Datacom: comercial@datacom.com.br (+55) 51 3933 3000.

TAGS