Datacom
20/09/2019
Transporte de E1s sobre fibra óptica dedicada

Por Juliano Grazziotin – Engenheiro de Aplicação

Complementando o artigo Solução de transporte E1 sobre redes IP / Ethernet para provedores STFC, neste texto, será apresentado uma solução de baixo custo e alta confiabilidade no transporte de E1s sobre fibra óptica dedicada.

Alguns provedores de internet dão preferência pela utilização em aplicação de voz por modens ópticos PDH e/ou SDH, que possuem como diferencial sua tecnologia de multiplexação TDM, oferecendo throughput dedicado, redundância com rápida comutação e baixa latência e jitter.

Abaixo duas linhas de produtos Datacom que podem atender a este cenário:

DM4E1 e DM16E1

Como solução para esta aplicação, apresentamos nossos multiplexadores óticos PDH (Plesiochronous Digital Hierarchy) DM16E1 Series II e DM4E1 Series II. A diferença básica entre os dois multiplexadores ópticos é que o DM16E1 Series II possui 16 tributários E1 G.703 e o DM4E1 Series II possui quatro tributários E1. Ambos equipamentos possuem agregado óptico com possibilidade de redundância, fonte de alimentação redundante AC/DC e gerência remota.

No DM4E1 e DM16E1, as interfaces de tributário E1 podem ser fornecidas com conectores BNC ou IEC (spinner) para 75 ohms ou RJ45 para 120 ohms.

Opcionalmente os multiplexadores ópticos comportam uma placa de expansão bridge ethernet 10/100Base-T podendo disponibilizar um link ethernet 100Mbps junto ao 4 ou 16E1s.

As bridges dos equipamentos DATACOM devem operar aos pares, ou seja, os dados convertidos de uma interface Ethernet do DM4E1 e DM16E1 devem ser recuperados na outra extremidade do link por um outro equipamento DM4E1 ou DM16E1.

DmSTM-1

Caso seja necessário efetuar o transporte superior a 16E1s, o produto SDH (Synchronous Digital Hierarchy)  DmSTM-1 permite o transporte de até 63E1s em uma única fibra ótica.

O DmSTM-1 é um multiplexador modular para redes SDH de nova geração (NG-SDH), com gabinete metálico ocupando 2U de um rack de 19″. A unidade básica composta por gabinete, unidade central de processamento e fonte de alimentação AC/DC redundante e até três placas de interface de tributário. Sua modularidade facilita a expansão da rede e o suporte a novos serviços.

No DmSTM-1, as interfaces de tributário E1 podem ser fornecidas com conectores BNC ou IEC (Spinner) para 75 ohms ou RJ45 para 120 ohms.

O DmSTM-1 possui uma placa de tributário ethernet com oito portas Ethernet 10/100Base-T, onde é possível efetuar o mapeamento de sinais Ethernet sobre SDH. O exemplo abaixo ilustra esta aplicação.

Outro grande diferencial da solução DATACOM, é que todos os equipamentos são gerenciados pelo software de gerência DmView e também são compatíveis com outros softwares de gerência do mercado através do protocolo SNMP.

A Datacom está com preços e condições promocionais para estas duas linhas de produtos. Clique no link para receber uma proposta.

Inscreva-se no nosso canal do Youtube, marque o recebimento de notificações e também compartilhe o link nas suas redes sociais. Para dúvidas e solicitação de proposta, não hesite em contatar a equipe comercial da Datacom: comercial@datacom.com.br (+55) 51 3933 3000.

Caso tenha dúvidas sobre estas aplicações, não hesite em contatar a nossa equipe suporte.prevendas@datacom.com.br. Estamos à disposição para lhe auxiliar na escolha do produto mais adequado à sua necessidade.

TAGS